Marketing digital: retrospectiva 2019 – lacomunica
Pesquisar
Marketing digital: retrospectiva 2019 – lacomunica
fade
29769
single,single-post,postid-29769,single-format-standard,eltd-core-1.1.1,averly-ver-1.4,eltd-smooth-scroll,eltd-smooth-page-transitions,eltd-mimic-ajax,eltd-grid-1200,eltd-blog-installed,eltd-main-style1,eltd-disable-fullscreen-menu-opener,eltd-header-standard,eltd-sticky-header-on-scroll-down-up,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-default,eltd-,eltd-fullscreen-search eltd-search-fade,eltd-disable-sidemenu-area-opener,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

Blog

nordwood-themes-yyMJNPgQ-X8-unsplash

Marketing digital: retrospectiva 2019

Não se pode negar que 2019 foi um ano surpreendente e cheio de transformações, principalmente na área de marketing digital. Esse ramo, que cresceu de maneira exponencial durante a última década, se tornou umas das principais ferramentas da publicidade. Com o fim do ano já se aproximando, resolvemos fazer uma retrospectiva e relembrar alguns fatos importantes que marcaram esse universo digital:

Mudanças Instagramáveis
Para a tristeza de muitos, principalmente influencers e empresas de marketing, em julho de 2019, o Instagram resolveu ocultar os “likes”: agora, somente os próprios usuários podem saber quantas pessoas curtiram suas fotos e vídeos. Aparentemente, a mudança foi feita em prol de transformar a plataforma em um ambiente menos tóxico e nocivo para a saúde mental dos usuários.

Outra transformação que gerou muita discussão foi a decisão de acabar com a aba “Seguindo”. Ela era responsável por mostrar todas as atividades dos seguidores do usuário. Segundo o Instagram, isso ocorreu devido o pouco uso dessa ferramenta, que permitia saber as publicações curtidas, os comentários feitos e pessoas seguidas de cada usuário que você seguia.

Nova Identidade
O Facebook, plataforma também comandada por Mark Zuckerberg, teve a aparência repaginada! De acordo com a empresa, a transformação no visual teria acontecido para oferecer mais clareza sobre seus produtos e ajudar na diferenciação por parte dom público entre a marca e o aplicativo.

Um marco extraordinário
Outro aplicativo que não ficou para trás em 2019 foi o Tinder! Em julho, a empresa divulgou dados financeiros impressionantes: o número de assinantes da versão paga, por exemplo, aumentou 1,2 milhões no ano passado.

Ambiente profissional
O ano de 2019 também marcou grandes transformações para o Linkedin! A rede social, voltada para o ambiente profissional, ganhou mais destaque no último ano e aumentou suas funções. Dentre elas, podemos destacar o serviço de transmissão ao vivo e reações nas publicações (como encontramos no Facebook, por exemplo).

A nova queridinha
Nem Facebook nem Instagram: a plataforma Tik Tok se tornou o terceiro aplicativo mais baixado do ano e já superou 1,5 bilhões de downloads. Com um público-alvo formado por jovens entre 16 e 24 anos, a rede social serve como destino para os milhares de vídeos e animações produzidos por seus usuários.

No Comments

Leave a Comment