Não caia na Black “Fraude” – lacomunica
Pesquisar
Não caia na Black “Fraude” – lacomunica
fade
29721
single,single-post,postid-29721,single-format-standard,eltd-core-1.1.1,averly-ver-1.4,eltd-smooth-scroll,eltd-smooth-page-transitions,eltd-mimic-ajax,eltd-grid-1200,eltd-blog-installed,eltd-main-style1,eltd-disable-fullscreen-menu-opener,eltd-header-standard,eltd-sticky-header-on-scroll-down-up,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-default,eltd-,eltd-fullscreen-search eltd-search-fade,eltd-disable-sidemenu-area-opener,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

Blog

76A57306144774BB3E8F1EE494D2C184D646_bf

Não caia na Black “Fraude”

Ainda não fez suas compras com medo de ser enganado? Leia as matérias com dicas do advogado Leonardo Amarante, cliente Lacomunica e especialista em direito do consumidor, para aproveitar a quinta data comercial que mais fomenta vendas no país sem dor de cabeça! Neste ano, a expectativa é que a data movimente R$ 3,67 bilhões, segundo previsão da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

De acordo com levantamento realizado pelo Procon-SP sobre a Black Friday de 2018, a maquiagem de desconto foi o principal problema reclamado pelos compradores com 145 denúncias (30,33%). Produto/serviço oferecido não disponível (19,87%), mudança de preço ao finalizar a compra (18,20%), pedido cancelado pela empresa após finalização da compra (16,53%), site intermitente (6,69%) e sites que não permitem pagamento via boleto bancário ou débito em conta (1,67%).

24.11-Extra-BlackFriday27.11-Migalhas-BlackFriday27.11-SOSConsumidor-Blackfriday28.11-RádioNacional-BlackFriday

No Comments

Leave a Comment